sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Gastronomia de tricô e crochê

É preciso talento para criar peças de açougue agradáveis aos olhos. Delicadas, então, são um feito. A artista plástica Clëmence Joly apostou na ideia de unir a estética de dois mundos opostos, o da moda e o da indústria da carne, e produziu peças em tricô e crochê que imitam cortes bovinos, suínos e de frango.

O projeto, intitulado “The Wool Butchery” (O Matadouro de Lã, em português), foi usado para decorar a vitrine de uma loja de armarinho em Londres, e ficou exposto por um mês no local, até o início de abril. Recém graduada pela escola de design Central Saint Martins, Clëmence mergulhou no universo dos açougues, compilando papéis usados para embrulhar os produtos e criando guias dos cortes dos animais consumidos pelo homem - tudo com traços sofisticados e limpos.

O estranho no trabalho da artista é a reação causada em quem o contempla. Não é difícil, depois de ver três ou quatro peças, querer alguma. O impulso, típico do mercado da moda, parece inútil à primeira vista – que utilidade dar a um presunto de crochê? -, mas acaba por dar razão à Clëmence, que conseguiu unir os dois universos. Para quem não resistir à ideia, a jovem comercializa suas peças através do contato pessoal: jolyclemence@googlemail.com.

A ideia parece meio absurda, mas não é que esses pedaços de carne ficaram muito fofos? Perfeitos para decorar a cozinha!


Fonte: Marie Claire


http://www.clickfios.com.br/ - Sua loja de armarinhos 24 horas na internet!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...