segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Artesanato movimenta R$ 30 milhões na PB

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que a Paraíba produz artesanato com mais de 17 tipos de materiais. Os artigos em renda, como roupas e objetos de decoração, são destaque. No Estado, a técnica é utilizada em 35 municípios, o segundo maior número do País.

A Paraíba ainda aparece em 4º lugar no artesanato com barro, presente em 81 municípios, e em 9º nos trabalhos com bordado, desenvolvidos em 168 cidades. Apesar da importância econômica destas atividades, ainda não se sabe precisamente quantos paraibanos vivem do artesanato. Mas informações do Governo Estadual mostram que só os artesãos formais geram uma renda anual de pelo menos R$ 30.844.800,00.

O Programa do Artesanato Paraibano, que garante benefícios como a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a emissão de notas fiscais, possui 5.040 artesãos registrados em 125 municípios. Estes artesãos ganham em média um salário mínimo R$ 510, segundo a coordenadora do Programa, Marielza Araújo. Mas estes rendimentos podem superar R$ 1 mil no caso de atividades como a produção de renda renascença, segundo a rendeira Maria José Jorge, de João Pessoa.

No entanto, o impacto econômico do artesanato na Paraíba ainda é desconhecido, de acordo com Marielza Araújo. Ela diz que é difícil calcular o número total de artesãos existentes no Estado, já que muitos deixam de se cadastrar nos projetos governamentais por medo de perder benefícios como aposentadoria e Bolsa Família. “Esse caso da aposentadoria é comum no setor rural, já que o aposentado da agricultura familiar não pode ter outra profissão. Eles ficam com medo que alguém denuncie e acham que vão perder o benefício”, comentou coordenadora.

Fonte: Portal Correio

WWW.CLICKFIOS.COM.BR Sua loja de armarinhos 24 horas na internet!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...