quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Artesanato de reciclagem



CRIATIVIDADE – O que para muitas pessoas é lixo, para outros serve como “ganha pão”.

A arte da reciclagem tem conquistado cada dia mais espaço, pois a imaginação dos artesãos tem chegado além do que imaginamos, pois com criatividade e mão na “massa”, muitos conseguem fazer objetos de decoração e até produtos domésticos de grande utilidade.

As latas de alumínio que parecem não ter nenhuma utilidade podem ser recicladas e utilizadas de diversas formas, depende da criatividade de cada um. No caso do motorista aposentado Rafael Eduardo da Silveira, 75 anos, pai de seis filhos e há 11 anos realizando trabalhos artesanais com recicláveis, a imaginação pode criar panelas, carrinho e até mesmo um carro de boi traçado no bambu.

Desde quando se aposentou, o motorista se interessou pelo artesanato, por vontade e curiosidade de se distrair e colaborar com o Meio Ambiente.

“Comecei a fazer aos 64 anos de idade, quando aposentei, cansado da vida de caminhoneiro. Para não ficar parado consertava panelas de pressão, e fui fazendo o meu artesanato com latinhas de alumínio, garrafas pet, o que ocasionou em objetos decorativos e de utilidade doméstica. Além de diversos brinquedos”, relata Rafael Silveira.

O artesão aprendeu a desenvolver sua criatividade sozinho, apenas por curiosidade e força de vontade, sem nenhuma instrução, aos poucos foi fazendo belos trabalhos.
“De início fui fazendo panelinhas, carrinhos, entre outros, e sempre dei de presente, em especial as crianças”, diz o artesão.

Muitas pessoas vão até a residência dele para comprar ou encomendar suas famosas panelinhas, um objeto decorativo e ótimo para presentear, sendo que custa em torno de R$ 2.
“Quando era criança, no estado de Minas Gerais, olhando meu avô, que era marceneiro, aprendi a fazer carros de boi. E hoje uso suas técnicas nos meus carros de boi decorativo que faço com palha, e que é de grande sucesso com meus clientes”, afirma, sorrindo, Rafael.

A primeira arte que Rafael criou foi um carrinho feito com garrafas PET, onde não é usado cola e possui até direção.

“Sei fazer vários modelos com produtos recicláveis, mas parei de realizar alguns devido a falta de material. O material que uso ganho e quando não tenho mais pego minha bicicleta e saio a procura de recicláveis pelas ruas da cidade para poder fazer ou terminar minhas artes”, conta Silveira.

Assim como Rafael, outras pessoas espalhadas por todo o mundo aproveitam esses materiais que prejudicam o Meio Ambiente, quando não descartado corretamente, para decorar e até para gerar renda.

Reportagem: Jamila Grecco

Fotos: Leandro Cavalcanti


Clickfios.com - Sua loja de armarinhos 24 horas na internet!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...