segunda-feira, 9 de abril de 2012

Santo Antônio do Pinhal oferece ROTEIRO turístico

A cidade de Santo Antônio do Pinhal, situado oferece várias atrações aos turistas. Para quem gosta de artesanato, o “Caminho das Artes” é um dos roteiros turístico foi elaborado pelos próprios artistas que vivem na cidade com o objetivo de divulgar a arte local. Situada no alto da Serra da Mantiqueira, Santo Antônio do Pinhal é uma típica cidade do interior, tranquila e hospitaleira. Não é por acaso que vários artistas renomados resolveram se instalar na cidade com seus ateliês.

No “Caminho das Artes” os artistas facilitam o acesso as suas obras abrindo os  ateliês a visitação. O turista pode comprar ou encomendar peças exclusivas em cerâmica, joias, móveis, arte em madeira e tecido, além de velas, produtos de banho, chás e temperos.

Deste roteiro turístico faz parte o artista Leonardo Bueno que transforma madeira descartada como resíduo em incríveis peças de arte e design. Leonardo já participou de exposições no mundo inteiro, como Viena, Paris, Budapeste, Londres, Milão e Madri. O ateliê de Morito Ebine também está no roteiro. Ele é mestre na confecção de móveis de encaixe e segue as técnicas da tradicional marcenaria japonesa. 

As peças são muito criativas e duráveis. Outro artista, André Marx, utiliza também a madeira como matéria prima, tem um estilo próprio e seus móveis são confeccionados em madeiras amazônicas, provenientes de manejo sustentável ou demolição. Outro ateliê que não pode deixar de ser visitado é do premiado artista Eduardo Miguel que utiliza madeira descartada como lixo e a transforma em verdadeiras obras de arte. Gravetos, sementes, bambu, restos da construção civil ganham forma belíssimas nas mãos de Eduardo que foi premiado no Japão, Itália e Noruega.

Já quem procura peças em cerâmica deve visitar neste roteiro o Jardins de Barro Cerâmica. A paulista Nancy Barros transformou a chácara de final de semana na sua casa definitiva em Santo Antônio do Pinhal. Lá também montou o ateliê onde trabalha com criações exclusivas, produzidas uma a uma e queimadas em alta temperatura.  A artista Sylvia Garner também desenvolve peças exclusivas de cerâmica de alta temperatura para cozinha e decoração, e joias em prata. Ela aceita encomendas.  

A Cerâmica Dejulis também faz parte do Caminho das Artes. O artista Dejulis utiliza uma milenar técnica japonesa, conhecida como Raku, dando as peças uma esmaltação bem diferenciada.

No “Caminho das Artes” o turista ainda encontra a Phamarcia de Quintal com produtos elaborados artesanalmente com ervas e flores; a Casa da Mata que, literalmente, fica no meio da mata e vende shiitake e outros produtos artesanais como chutneys, geleias e antepastos; a História em Retalhos com trabalhos em patchwork; a Arte Madeira & Memória, onde peças e móveis antigos são restaurados e transformados; a Fazenda Renópolis que, além de vender produtos artesanais feitos com material da fazenda, como palha de milho e sementes, tem uma casa de chá onde o turista pode escolher entre mais de 40 tipos para acompanhar os bolos e tortas vendidos por lá. 

Já a Prata d`lua vende peças produzidas em prata, cobre e latão com  pedras semipreciosas. Todas com design exclusivo.


Fonte: BrasilTuris

Clickfios.com - Sua loja de armarinhos 24 horas na internet!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...