Mas unir pequenos retalhos foi a maneira que os egípcios encontraram para aquecer e proteger os guerreiros que usavam armaduras. No Ocidente, a técnica serviu para reaproveitar retalhos e confeccionar colchas.

No Brasil, a modalidade só cresce e ganha cada vez mais adeptos. “Até pouco tempo, o patchwork era reconhecido como a colcha da vovó, mas essa ideia já ficou para trás”, explica Zeca Medeiros, curador da Patchwork Design.

Nos últimos anos a técnica passou a ser valorizada e atualmente existem indústrias dentro e fora do País desenvolvendo produtos especialmente para esse trabalho.

A entrada para o Patchwork Design vai custar R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia, valor promocional com entrada até as 16h). O clube fica na Avenida Borges de Medeiros 701, Lagoa.
Depois será a vez de São Paulo receber o evento, entre 14 e 16 de junho, no Centro de Convenções Frei Caneca, no bairro da Consolação.