segunda-feira, 27 de maio de 2013

Estilistas "aquecem" árvores de Monte Sião


A Capital Nacional da Moda Tricô, a cidade mineira de Monte Sião, promove, com o objetivo de alavancar os negócios na temporada fria do ano, o projeto Criadores que Aquecem

A Capital Nacional da Moda Tricô, a cidade mineira de Monte Sião, promove, com o objetivo de alavancar os negócios na temporada fria do ano, o projeto Criadores que Aquecem, que consiste em revestir os troncos de 54 árvores com as malhas produzidas pelas milhares de confecções que atuam na região. No total, 11 estilistas e várias pessoas da comunidade “agasalharam” árvores localizadas no entorno da Praça do Santuário, um dos principais pontos turísticos da cidade.
Segundo Lívia Marassi, consultora de moda que coordena o projeto, a ação visa, além de divulgar a Fenat – Feira Nacional do Tricot, maior evento do segmento que acontece em Monte Sião, no período de 30 de maio a 16 junho, revelar a capacidade criativa dos estilistas especializados em malharia retilínea. “A ideia não se restringe a agasalhar as árvores, mas também passar para as pessoas conceitos e informação de moda. Além de ser uma ação sustentável, já que utiliza insumos descartados pelas confecções locais, queremos mostrar o trabalho criativo e o design desenvolvidos pelos nossos estilistas”, detalha Lívia.
A Capital Nacional da Moda Tricô, a cidade mineira de Monte Sião, promove, com o objetivo de alavancar os negócios na temporada fria do ano, o projeto Criadores que Aquecem, que consiste em revestir os troncos de 54 árvores com as malhas produzidas pelas milhares de confecções que atuam na região. No total, 11 estilistas e várias pessoas da comunidade “agasalharam” árvores localizadas no entorno da Praça do Santuário, um dos principais pontos turísticos da cidade.
Segundo Lívia Marassi, consultora de moda que coordena o projeto, a ação visa, além de divulgar a Fenat – Feira Nacional do Tricot, maior evento do segmento que acontece em Monte Sião, no período de 30 de maio a 16 junho, revelar a capacidade criativa dos estilistas especializados em malharia retilínea. “A ideia não se restringe a agasalhar as árvores, mas também passar para as pessoas conceitos e informação de moda. Além de ser uma ação sustentável, já que utiliza insumos descartados pelas confecções locais, queremos mostrar o trabalho criativo e o design desenvolvidos pelos nossos estilistas”, detalha Lívia. 
Fonte: Jornal O Serrano
Clickfios.com - Sua loja de armarinhos 24 horas na internet!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...